Gestão participativa e criatividade garantem Prêmio Nacional de Inovação à microempresa

Pernambucana Protec conquista premiação na categoria comércio


A conquista do Prêmio Nacional de Inovação, em abril deste ano, pode ser considerada o ápice da história de perseverança do microempreendedor André Carvalho. De funcionário na fornecedora de peças industriais Protec, ele passou a proprietário e desenvolveu uma cultura participativa e de criatividade entre os colaboradores, que fizeram sua empresa crescer e receber uma das mais relevantes premiações na área de inovação empresarial do País.

Há 16 anos, quando ainda era funcionário na Protec, André Carvalho começou a se capacitar no Sebrae em Pernambuco. Fez o curso "Como aproveitar uma oportunidade de negócio", depois participou de outras capacitações ligadas a empreendedorismo até despertar o desejo de abrir uma empresa. "Nessa época, a Protec não vinha bem e o antigo dono queria se desfazer da empresa. Vi essa situação como uma oportunidade e, aos invés de abrir um novo empreendimento, comprei a empresa", revela.

Daí em diante, o microempreendedor passou a adotar medidas inovadoras para dinamizar a Protec, modernizou processos internos e estimulou a participação dos demais funcionários nos rumos da empresa. Uma das principais iniciativas foi a criação do "Encontro entre amigos", uma reunião quinzenal na qual todos os colaboradores da Protec sugerem ideias para o crescimento da microempresa.

Muitas das sugestões já foram implementadas, como a criação de um ambiente para o descanso dos funcionários após o almoço. Já as ideias que aumentaram o faturamento da Protec tiveram 10% do lucro repassado para quem sugeriu a iniciativa. O "Encontro entre amigos" ainda distribui, no final de cada ano, premiações ao funcionário com mais ideias propostas, o que teve a melhor sugestão e quem indicou a medida mais lucrativa para a microempresa.

Aliada à gestão participativa, André Carvalho continua promovendo a reciclagem periódica de valores na empresa, custeando cursos para os funcionários e desenvolvendo projetos inovadores na Protec. A última dessas iniciativas foi se inscrever no programa do Sebrae de Agentes Locais de Inovação (ALI), que disponibiliza assessoria gratuita para o desenvolvimento de inovações tecnológicas em produtos e processos para micro e pequenas empresas.

Ao participar do programa ALI, a Protec habilitou-se a participar do Prêmio de Inovação Nacional, na categoria microempresa de comércio. Concorrendo com experiências de outros cinco estados, a empresa pernambucana e o Agente Local de Inovação Cezar Augusto Andrade, que acompanha a Protec no programa, conquistaram o primeiro lugar.

Devido à premiação, em agosto, André Carvalho, Cezar Andrade e a gestora do programa ALI em Pernambuco, Katlin Machado, viajam em missão internacional para conhecer o Vale do Silício, nos Estados Unidos, considerado a maior referência mundial em tecnologia e inovação. "Será uma experiência inesquecível e nada paga a oportunidade de trocar experiências com tanta gente importante. Hoje eu olho para trás e percebo como valeu a pena cada capacitação e a vontade de investir no meu próprio negócio", resume o empreendedor pernambucano.






Veja as notícias anteriores >>>



PROTEC - Peças para Manutenção Industrial
CNPJ: 02.073.130-0001/80