PADRÃO PARA ALINHAMENTO

O Padrão para Alinhamento foi desenvolvido pela Antares visando facilitar ainda mais o processo de montagem e ajuste do centro elástico. Trata-se de um sistema simples e original com o qual verifica-se o alinhamento dos eixos do equipamento, em sentido axial e radial.  É extremamante leve e prático, sendo fabricado em 9 tamanhos.  Pode ser usado em todos os Acoplamentos Antares convencionais com Cubos Normais e Cubos Integrais e em algumas versões especiais.

 

PEÇAS DE BORRACHA - VEDAÇÃO INDUSTRIAL

Como armazenar corretamente suas peças de borracha

A temperatura ambiente não deve ultrapassar os 50 ° C.
Para maior durabilidade, procurar excluir o ar ( oxigênio ) .

Procurar afastar elementos geradores de partículas em suspensão ( pó ) .

Retirar incidência direta de luz ( especialmente radiação ultravioleta ) .

Principais funções das cargas em fitas-guias

FIBRA DE VIDRO
Alta resistência à compressão
Resistência ao desgaste
Ótima resistência química
CARBONO
Resistência ao desgaste
Alta resistência à compressão
Boa condutibilidade térmica
GRAFITE
Boa condutibilidade térmica
Boas propriedades de deslizamento
Baixo coeficiente de atrito
BRONZE
Resistência ao desgaste
Alta resistência à compressão
Baixo escoamento a frio
ótima condutibilidade térmica
MoS²
Ótimas propriedades de deslizamento
Reduz desgaste

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

RETENTORES

Montagem e aplicação

• Só retire o retentor da embalagem na hora de aplicá-lo;
• Nunca deixe o retentor em caixa de ferramentas junto com outras peças ;
• Nunca deixe o retentor pendurado em pregos;
• Lubrificar o lábio do retentor antes de montá-lo (pode usar o próprio fluido de aplicação);
• Nunca reutilize o retentor no lugar da pista do antigo e jamais use mola ou faça reapertos ;
• Nunca lixe o eixo ( irá criar canais microscópicos ).Se lembre que a superfície deve sempre estar isenta de batidas,sulcos,trincas,oxidações ou deformações .

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

MANÔMETROS

Temperatura de operação dos manômetros em geral
Mínima de -10 ºC e máxima de 65 ºC para ambiente e fluído de processo.

Temperatura de operação acima de 65 ºC
Recomenda-se instalar tubo - sifão, serpentina ou selo de diafragma, nos processos com temperatura acima de 65 ºC, para proteger e diminuir a temperatura no local de medição.
Aplicadas em linhas de vapor ou líquidos cuja temperatura supera o limite de temperatura de operação do instrumento.

Selos de Diafragma
Servem para separar e proteger o instrumento de medição do processo.
Isolando o manômetro dos eventuais produtos: corrosivos, viscosos, partículas sólidas, congelamento, produtos alimentícios, temperaturas excessivas e outros.

Amortecedor de Pulsação
Servem para suprimir ou diminuir os efeitos de pressão pulsante da linha, evitando a descalibração ou desgaste do sistema.

Manômetros com enchimento de glicerina
Aplicados nas indústrias em geral, em locais com altas vibrações, picos de pressão, ou pulsação da linha, aumentando assim a vida útil do manômetro.

Válvulas para manômetros
As válvulas de registro para manômetros, servem para isolar o instrumento do processo ou amortecer e atenuar a pulsação da linha e ainda possibilita a retirada sem a necessidade de paralisar o processo.

Escala de pressão
Geralmente a escala de pressão selecionada é o dobro da pressão de trabalho.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

TERMÔMETROS

Poços termômétricos
Atuam como proteção mecânica, isolando o fluído do processo da haste sensora do instrumento e ainda possibilita a retirada sem a necessidade de paralisar o processo.





PROTEC - Peças para Manutenção Industrial
CNPJ: 02.073.130-0001/80